Vivendo com doença renal


20 dicas para viver com doença renal Teste

Sua vida pode ser diferente quando você tem doença renal crônica (DRC), mas você ainda pode aproveitá-la. Dar um passo de cada vez é a melhor maneira de enfrentar qualquer mudança. Aqui estão 20 dicas para ajudá-lo a continuar desfrutando da sua vida:

1) Saiba tudo o que puder sobre a doença renal e, especialmente, sobre a sua própria condição. Converse com a equipe que trata você para descobrir como aplicar as informações sobre a doença ao seu dia a dia.

2) Saiba que você é capaz! Pense na Doença Renal Crônica como um desafio a ser enfrentado de cabeça erguida. Há pessoas e recursos para ajudar você a se tornar um parceiro no seu tratamento e ajudá-lo a viver muito e bem com DRC.

3) Conheça os seus medicamentos, suas dosagens corretas e o nome e finalidade de cada um. Há medicamentos, como algumas classes de comprimidos para controle da pressão arterial que podem retardar o progresso da doença renal. Pergunte ao seu médico o que é certo para você.

4) Acompanhe os resultados dos seus exames laboratoriais ao longo do tempo e aprenda o que eles significam. Sua equipe de saúde sabe muito sobre doença renal, mas você é o especialista sobre si mesmo.

5) Assuma uma postura ativa. Se você não entender alguma coisa ou se algo parecer errado, não se cale. Converse com o seu médico. Faça perguntas. Descubra o que você pode fazer para melhorar a sua saúde.

6) Descubra quais são os sintomas da DRC e informe todos os seus sintomas, tudo que você estiver sentindo, ao seu médico. Alguns problemas, como a fadiga, podem ser tratados para ajudar você a se sentir melhor.

7) Converse com seu médico e seu nutricionista para encontrar dietas adequadas para os rins. Siga-as o máximo possível e veja como elas afetam os resultados dos seus exames laboratoriais.

8) Exercite-se regularmente e da forma adequada. Converse com o seu médico sobre o nível correto de exercícios para você.

9) Continue trabalhando se possível. Mesmo se você tiver que se afastar do trabalho por algum tempo para se ajustar a uma nova situação, procure trabalhar em tempo parcial ou em tempo integral. Manter um emprego é uma boa maneira de se manter ativo e engajado.

10) Se planeje para as mudanças que a doença renal crônica pode causar no seu orçamento. Busque orientação com assistentes sociais e organizações de doentes renais.

11) Descubra a sua pressão arterial ideal e trabalhe com o seu médico para atingi-la e mantê-la. Isso pode ajudar a retardar a progressão da doença renal.

12) Se você tem diabetes, o controle de açúcar no sangue pode ajudá-lo a retardar a progressão da doença renal. Se você não sabe como melhorar o seu controle de açúcar no sangue, peça ao seu médico uma indicação de um educador de diabetes.

13) Esteja ciente das possíveis complicações da doença renal, incluindo anemia, acidose metabólica, doença óssea, doença cardiovascular, sobrecarga de fluidos e altos níveis de potássio e fósforo. Cada uma dessas complicações pode ser detectada com os exames apropriados. Além disso, você pode fazer muito para evitar complicações se aprender no que deve ficar atento.

14) Se a sua insuficiência renal for grave, discuta com o seu nefrologista sobre a possibilidade de um transplante.

15) Visite um centro de diálise para obter mais informações sobre hemodiálise.

16) Se você estiver fazendo diálise, faça todos os tratamentos que o seu médico prescrever. Monitore o seu Kt/V ou URR (medidas para saber se o seu sangue está sendo limpo adequadamente) e outros valores laboratoriais ao longo do tempo. Descubra o que fazer para melhorar os resultados dos seus exames caso eles não forem satisfatórios.

17) Se você fizer um transplante, tome todos os seus medicamentos nas datas e horários corretos. Preste atenção para quaisquer sinais de infecção, rejeição ou outras doenças.

18) Preste atenção às suas emoções. Dê um tempo a si mesmo para se adaptar e se sentir no controle de sua vida novamente. Você pode estar enfrentando incertezas sobre o futuro ou mudanças no seu estilo de vida e relacionamentos. É normal passar por um período de turbulência.

19) Peça ajuda quando precisar. Converse com a sua família e amigos, com outros pacientes renais, com o seu clero ou com a sua equipe de saúde.

20) Cultive a sua valorização da vida. Faça as coisas que são mais importantes para você e que lhe trazem mais alegria!