Diálise peritoneal: uma opção de tratamento


A diálise peritoneal (DP) tem sido um método amplamente adotado para tratar a doença renal terminal (DRT) desde os anos 1980 e, atualmente, é o método mais comum de diálise na DaVita. Embora muitos pacientes ainda frequentem os centros de diálise, a DP oferece maior flexibilidade, permitindo que os pacientes façam o tratamento de casa, no trabalho ou, até mesmo, durante as férias.

A DP é realizada por meio de uma membrana fina, chamada de peritônio, que reveste o abdômen. Durante o tratamento, um fluído de limpeza chamado dialisado é colocado na região por meio de um tubo pequeno e flexível, também conhecido como cateter de DP.

O dialisado extrai os resíduos e fluidos adicionais do sangue do paciente para dentro da cavidade peritoneal e permanece no abdômen por um período de tempo especificado. O dialisado é drenado, e logo em seguida o sangue também é. Logo, o aparelho é substituído por um novo para limpá-lo por completo. Este processo de enchimento e drenagem é chamado de troca, pois o dialisado que estava no abdômen está sendo trocado por um dialisado novo e limpo.

Tipos de diálise peritoneal: Diálise peritoneal ambulatorial contínua (DPAC)

Com a DPAC, o paciente realiza as suas trocas manualmente quatro vezes ao dia, cada uma levando cerca de 30 minutos. O paciente coloca uma bolsa de fluido dialisado em um suporte de IV ou aparador e o processo de enchimento e drenagem é possível graças à gravidade. Esta forma de DP pode ser realizada em vários ambientes, desde que ele esteja esterilizado para realizar as trocas.

Diálise peritoneal automatizada (DPA)

A diálise peritoneal automatizada (DPA), também conhecida como diálise peritoneal cíclica contínua (DPCC), requer uma máquina cicladora para automatizar o processo de enchimento e drenagem. A maioria dos pacientes escolhe a DPA pois ela permite que grande parte do tratamento possa ser realizado enquanto dormem. Cada caso é diferente e, por isso, os médicos e enfermeiros de DP irão ajudar os pacientes a decidir qual é a melhor opção de tratamento para eles.

Benefícios da diálise peritoneal

Os benefícios da DP incluem:

  • Menos efeitos colaterais negativos (tais como náuseas, vômitos, cólicas e ganho de peso) do que a hemodiálise nos centros;
  • Menos restrições nutricionais;
  • Tratamentos sem agulha;
  • Envio direto dos acessórios de DP para a sua casa ou seu destino de viagem;
  • Deslocamentos pouco frequentes para o centro da diálise;
  • Maior flexibilidade e liberdade no cronograma de tratamento.
Treinamento em diálise peritoneal

Os pacientes que optam pela DP recebem um treinamento para que o tratamento seja realizado com segurança e eficácia. Isso requer alguns procedimentos, como lavar as mãos antes de tocar em seus cateteres, limpar seus locais de saída diariamente, utilizar máscaras cirúrgicas ao fazer as trocas e verificar as bolsas de solução no caso de possíveis contaminações. Além disso, também serão treinados para detectar sinais de infecção, que incluem febre, náusea e/ou irritação em torno do cateter.

O treinamento é ministrado ao paciente e à pessoa que irá ajudá-lo no tratamento. Um enfermeiro de DP treinado geralmente está disponível por telefone 24 horas por dia para responder perguntas e ajudar a solucionar pequenos problemas que possam surgir.

Equipamento de diálise peritoneal e modificações na residência

Os pacientes precisarão de espaço para armazenar os suprimentos de DP, além de água corrente, eletricidade e um ambiente esterilizado.

No que diz respeito ao equipamento, será necessária uma máquina cicladora. Suas versões portáteis estão disponíveis para compra em diversos fabricantes de dispositivos médicos, e cada um deles oferece várias opções. Uma cicladora caberá tranquilamente em uma mesa de cabeceira para permitir trocas enquanto o paciente dorme.

Equipe de apoio à diálise peritoneal

Os pacientes de DP terão uma equipe de profissionais — que inclui um nefrologista, enfermeira de DP, um nutricionista e uma assistente social — focada no seu tratamento, assegurando que tirem o máximo proveito da sua diálise.